Entenda porque o Marco Civil da Internet afeta o seu negócio

O Marco Civil da Internet é a Lei nº 12.965/14 que foi aprovada pela ex-presidente Dilma Rousseff, com o intuito de garantir que usuários e estabelecimentos que utilizam as redes cumpram seus deveres. Foi instituída, principalmente, para ter o controle de criminosos na Internet, conhecidos como cibercrimes.

Mas se você ainda está se perguntando o que cibercrimes tem a ver com o seu negócio, nós vamos te explicar quais são os objetivos do Marco Civil e de que maneira ele te afeta.

Privacidade

Essa regulamentação garante a privacidade dos usuários nas páginas da web, fazendo com que sua mensagem só seja lida por você e pela pessoa que a recebeu. A única exceção é para quando houver denúncias de algo suspeito na rede, assim, o que foi acusado pode ser acessado para investigação de crimes.

Agora, toda a política de privacidade dos sites deve estar dentro das normas desta lei, caso contrário, serão aplicadas advertências e multas ao seu negócio.

Acesso a todos

Um dos objetivos do Marco Civil também é fazer com que o acesso à Internet seja igual para todos. Muitas empresas vendiam seus pacotes dependendo da quantidade de uso de seu cliente, a partir da regulamentação, as operadoras não poderão restringir planos para um consumidor, independente dos conteúdos que ele queira acessar.

Além disso, um dos objetivos é fazer com que as redes tenham um formato de neutralidade, atribuindo a mesma velocidade e qualidade para todos os consumidores de Internet no mesmo local.

Segurança com seus dados

Com essa lei, mesmo que você acesse suas redes utilizando a Internet de algum estabelecimento, não haverá nenhum registro dos seus dados pessoais. É com este ponto que os estabelecimentos comerciais precisam se preocupar! Isso porque, caso ocorra um crime cibernético dentro do seu negócio, o seu provedor de Internet passará a responder como responsável.

Por que essa responsabilidade?

O que acontece é que independente da quantidade de usuários que estejam acessando a Internet de um mesmo local, se não há nenhum cadastro prévio, o registro será feito através de apenas um provedor, ou seja, um único IP (Internet Protocol).

Sendo assim, o estabelecimento fica vulnerável e exposto a estes riscos. Porém, existem maneiras eficazes de prevenir esses perigos, que é por meio de provedores que exigem o cadastro do cliente no momento em que ele se conecta à sua Internet. Com isso, seu estabelecimento ficará resguardado de possíveis complicações.

Para evitar punições, adapte-se a essa nova norma em seu estabelecimento, para garantir a segurança dos seus clientes e, também, a do seu próprio negócio. Conheça os serviços e aparelhos da Veronline, que podem oferecer toda a proteção que você precisa.

Deixe um comentário